Saiba como declarar o Imposto de Renda em 2020

Saiba como declarar o Imposto de Renda em 2020

De acordo com os ganhos, contribuintes são obrigados a declarar o Imposto de Renda Pessoa Física

 

Vai declarar o Imposto de Renda? Não se preocupe, pois é mais simples do que parece.

O mais complicado e trabalhoso é reunir todos os documentos, depois o preenchimento da declaração é quase intuitivo. É só informar todos os dados com atenção e veracidade para evitar erros tolos e seguir até a entrega sem intercorrências.

Agora, nem todo cidadão precisar fazer a declaração de imposto de renda. Veja abaixo quem é obrigado a declarar.

 

Pessoa Física, que se enquadrar em algum dos seguintes critérios:

  • Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 durante o ano de 2019;
  • Recebeu rendimentos isentos acima de R$40.000,00 no decorrer de 2019;
  • Obteve, em qualquer mês do ano passado, ganho de capital na venda de bens ou realizou operações de qualquer tipo na Bolsa de Valores;
  • Optou pela isenção de imposto na venda de um imóvel residencial para a compra de um outro imóvel em até 180 dias;
  • Obteve receita bruta anual acima de R$142.798,50 em atividades rurais;
  • Busca compensar prejuízos relativos à atividade rural realizada em anos anteriores;
  • Se até 31/12/2019 tinha posses somando mais de R$300 mil;
  • Passou a ser residente no Brasil em qualquer mês do ano passado;
  • Se o contribuinte estiver dentro de algum desses critérios, deve declarar seus rendimentos pessoais.

Como declarar o Imposto de Renda

Se você vai declarar pela primeira vez, é importante ter atenção para prestar informações sobre todos os rendimentos. Também é muito importante guardar as documentações comprobatórias por pelo menos 5 anos (em caso de inconsistências, elas podem ser exigidas).

 

Confira todos os passos para o envio da declaração do Imposto de Renda Pessoas Física:

  • Reúna as documentações necessárias;
  • Faça o download do Gerador da Receita Federal aqui e complete suas informações;
  • Defina o modelo de sua declaração.
  • Envie dentro do prazo;
  • Revise e corrija possíveis erros;

 

A Receita Federal mantém em sua base todos os dados acerca dos bens adquiridos e a movimentação bancária e juntamente com o Fisco faz a interligação dessas informações.

A entrega da declaração do Imposto de Renda 2020 acontecerá até 30 de junho de 2020 (mudança de calendário por conta da pandemia da COVID-19) e é imprescindível que a declaração seja feita e entregue dentro do prazo. Caso não o faça, o contribuinte deverá para a Receita Federal e vai arcar com multas e juros sobre o valor a ser pago.

 

Matéria originalmente publicada na edição 26 da Revista AOPP – Leia outras matérias aqui