Regimento de Polícia Montada “9 de Julho” possui 452 cavalos

Regimento de Policia Montada 9 de Julho possui 452 cavalos

Regimento de Polícia Montada “9 de Julho” possui 452 cavalos

Em grandes eventos como a visita do Papa Bento XVI ao Brasil, greve dos caminhoneiros, Olimpíadas 2016 e manifestações sobre o impeachment da então Presidente Dilma Rousseff em 2015, lá estavam eles, altivos e firmes, garantindo a segurança pública. São os cavalos e éguas do Regimento de Polícia Montada “9 de Julho”, da Polícia Militar do Estado de São Paulo, somando esforços na preservação da ordem.

 

“O policiamento ostensivo montado destaca-se pelo aspecto preventivo, onde o policial a cavalo, em posição elevada, consegue ter visão privilegiada, acrescida de que é facilmente visto, oferecendo assim segurança à área a ser policiada. A Polícia Montada apresenta algumas características de emprego que possibilitam uma maior eficiência na sua atuação em grandes concentrações de público, sendo elas: ostensividade, efeito psicológico, poder repressivo, eficaz na prevenção, mobilidade, flexibilidade, economia de efetivo e extenso campo de visão”, comentou o Oficial de Comunicação, Capitão PM Fernando de Medeiros Vasconcelos.

 

“Hoje, a Polícia Militar do Estado de São Paulo possui 452 solípedes (cavalos e éguas), sendo 316 na Capital e Grande São Paulo e 136 no interior do Estado, todos da raça Brasileiro de Hipismo; são adquiridos com idades entre 3 a 6 anos e o tempo de atuação entre 22 a 25 anos de idade, variável conforme a disposição física do animal”, acrescentou.

 

PROJETOS

O Capitão anunciou algumas novidades sobre o Regimento, que reforçarão o efetivo e que trarão mais comodidade aos animais, como a conclusão da reforma das baias. Em breve, a Companhia de Ações Especiais de Polícia (CAEP) de São José do Rio Preto, terá um novo destacamento montado.

 

Matéria publicada na edição 20 da Revista AOPP.