Policiais militares eleitos prometem trabalhar junto com as associações da categoria

POLICIAIS MILITARES ELEITOS PROMETEM TRABALHAR JUNTO COM AS ASSOCIAÇÕES DA CATEGORIA

Policiais militares eleitos prometem trabalhar junto com as associações da categoria

A partir de 2019, a bancada militar marcará presença nos Governos Federal e Estadual. Além da posse do Presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro (PSL), que é Capitão da Reserva, 11 policiais militares de São Paulo (incluindo os reeleitos) atuarão no Poder Público durante os próximos quatro anos.

 

Entrevistados pela Revista AOPP, alguns deles disseram que trabalharão juntamente com as associações que defendem a categoria policial militar, como o Senador eleito pelo PSL, Sérgio Olímpio Gomes, o Major Olímpio, que foi Deputado Estadual e Federal. Ele afirmou que o seu gabinete sempre esteve disponível para ser a base de atuação das associações da Polícia Militar de São Paulo e do Brasil.

 

“No Senado Federal, esse trabalho será ampliado na defesa dos direitos e prerrogativas da família militar brasileira. Em articulação com as entidades estaduais e nacionais, poderemos atuar nos assuntos que afetem direta ou indiretamente cada policial ou toda a instituição.”

 

Eleito Deputado Federal pelo PSL, o Coronel PM Res, Márcio Tadeu Anhaia de Lemos, disse que incentivará a participação das associações em todos os processos políticos. “Falo isso porque é um sentimento de toda corporação que as associações são apáticas em todas as questões políticas principalmente a questão salarial”, comentou. Na Reserva desde 2012, ele foi piloto de helicóptero, instrutor de voo, autor dos livros “Reaja – Prepare-se para o Confronto” e “Insegurança Pública e Privada – Basta de Hipocrisia”.

 

O Coronel PM Res, Paulo Nishikawa, foi eleito Deputado Estadual pelo PSL, e teve uma atuação de excelência no policiamento na região do ABC por 31 anos de carreira, e nas atividades comunitárias.

 

“Os contatos que tenho dentro da PM e do Corpo de Bombeiros serão de extrema importância e terão um papel-chave no meu mandato, me mantendo informado sobre as demandas e problemas que a instituição tem. Em resumo: sempre estarei disposto a ouvir meus irmãos de farda”, declarou. Pelo PP, o Capitão PM Guilherme Muraro Derrite se elegeu Deputado Federal, e disse que atuará na valorização do Policial Militar e das associações.

 

“Tendo em vista que, por determinação constitucional, os nossos militares estaduais não possuem o direito à sindicalização, tampouco à atuação político-partidária, acredito que a atuação das associações, assim como da Associação dos Oficiais, Praças e Pensionistas da Polícia Militar do Estado de São Paulo, é essencial e, portanto, precisa ser incentivada e valorizada pelos poderes constituídos”, disse o oficial que tem uma brilhante atuação nos comandos da Rota, Força Tática e Corpo de Bombeiros.

 

A Deputada Federal eleita Katia Sastre (PR) atuará em sintonia com as associações policiais militares. Ela lutará pela elaboração de um plano de carreira; pelo incentivo fiscal para a compra de armas, veículos e casa própria; medidas para a valorização da PM, entre outras ações. “Atuei por 12 anos na PM fiscalizando obras, então entendo de gestão de contratos e da importância do cuidado com o dinheiro público”, falou.

 

Deputado Estadual eleito pelo PSL, Dimas Mecca Sampaio, o Major Meca, serviu na Rota, no 2º Batalhão de Choque, além de 11º, 13º, 16º e 18º Batalhões de Área Metropolitana. “As propostas originárias das associações, que forem de interesse geral da Instituição, serão acolhidas de todo. Terei imenso orgulho em poder representar nossos irmãos de farda nas pautas de interesse da Polícia Militar do Estado de São Paulo”, afirmou.

 

“Vamos fazer um trabalho de fortalecimento das entidades, para que elas possam nos ajudar a pressionar o Executivo; o principal é que todos devem participar é a criação do Estatuto da Corporação”, observou o 1º Sargento PM, Rubens Cláudio Siqueira Neri, o Sargento Neri, que foi eleito Deputado Estadual pelo Avante. Graduado em Direito pela Escola Paulista de Direito (EPD), ele recebeu diversas condecorações pelos seus relevantes serviços prestados à comunidade.

 

Outros militares eleitos como Paulo Sérgio Abou Anni, Roberval Conte Lopes Lima, Manoel Barbosa do Nascimento e José Augusto Rosa, não deram retorno até o fechamento desta edição, assim como também a Assessoria do Presidente Eleito, Jair Bolsonaro.

 

Confira a edição impressa da Revista AOPP.