Da PM ao Dojo – uma vida de amor e dedicação as artes marciais

José Fernandes de Lira Junior é Policial Militar há 28 anos, formado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, Direito e Educação Física.

Da PM ao Dojo – uma vida de amor e dedicação as artes marciais

Quando o Major Lira tira a farda e veste o dogi para ministrar as aulas de artes marciais, existe um contentamento inexplicável. Ao pisar no tatame ele leva consigo os notáveis princípios militares, que foram desenvolvidos ao longo da sua carreira, e todo o conceito fundamental do Aikido. Nesse momento, há uma harmoniosa troca de energias.

 

Amante de esportes e artes marciais desde a infância, José Fernandes de Lira Junior praticou capoeira, boxe, outros estilos de kung fu, judô, natação e atletismo. Foi assim que essa paixão pelo exercício físico o levou a fazer o Curso de Instrutor de Educação Física na Escola de Educação Física da Polícia Militar, “o que considero uma grande honra e privilégio”, pontua o Major.

 

Curiosamente, a pessoa que influenciou o Mestre Lira às artes marciais e a luta foi sua matriarca. “Eu cresci vendo filmes de Kung Fu com a minha mãe. Ela era uma fã das belas lutas”, comentou emocionado. Outro detalhe interessante que vale a pena ressaltar, é que foi por meio da 7ª arte que o Aikido entrou na vida desse policial, “eu assisti um filme do Steven Seagal, achei incrível aquela luta e então que saí a procura do Aikido”, relatou o sócio.

 

Mas o que é Aikido? O significado da palavra em tradução livre é “o caminho da harmonização das energias”. Em japonês, “ai” expressa harmonia, “ki” simboliza energia, e “do”, caminho. Logo, o aikido é uma arte marcial que tem como um dos seus pilares o princípio da harmonia e que se volta para a defesa pessoal, mas que também tem uma vertente de competição. Desenvolvido pelo mestre japonês Morihei Ueshiba, entre os anos de 1930 e 1960, veio parar no Brasil em 1963 por intermédio do Shihan Reishin Kawai, conhecido pelos seus discípulos como Kawai Sensei, 8º Dan de Aikido.

 

Lira teve o privilégio de treinar com o Kawai Sensei e depois com sensei Yassussi Nagao, 6º Dan.  Foi um dos precursores da arte marcial na cidade de Bertioga e do Guarujá, litoral sul de São Paulo. Quando não está de serviço no 21BPM/I, o 4º Dan ministra aulas no período noturno e aos sábados de manhã na academia Satori Dojo. É conciliando a rotina de treinos, aulas e o serviço como Policial Militar que o Major Lira se destaca na sociedade, no âmbito familiar e entre os seus alunos.

 

O próximo passo do Sensei é levar paixão e conhecimento pelas artes, por meio do Podcast Lira Artes Marciais. “O podcast será sobre todas as artes marciais, iremos trazer pesquisas, curiosidades, entrevistas e todos assuntos relacionados ao tema. As dicas ficarão numa plataforma com aulas no HOTMART, onde teremos a participação de vários professores de modalidades diferentes formando uma espécie de academia virtual de artes marciais”, finalizou animado.

 

José Fernandes de Lira Junior é Policial Militar há 28 anos, formado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, Direito e Educação Física. Começou a trilha marcial na União Sul-Americana de Aikido, em São Paulo.

Atualmente, Sensei faixa preta e 4º Dan Aikido, o Major também é faixa roxa de Jiu-Jitsu, Kung Fu no estilo Wing Chu onde é 7º Grau, acupunturista e professor na academia Satori Dojo.

 

Saiba mais em suas redes sociais:
https://instagram.com/liraartesmarciais
https://br.pinterest.com/jr_lir
https://bit.ly/youtubeprofessorlirajunior

 

Confira a matéria também na Revista AOPP – clique aqui