AOPP prestigia posse do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo

AOPP prestigia posse do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo

Presidente e diretores da entidade participaram da solenidade realizada na Academia do Barro Branco, na Zona Norte de São Paulo

 

O presidente da Associação dos Oficiais, Praças e Pensionistas da Polícia Militar do Estado de São Paulo (AOPP), Aristides Florindo de Faria Filho, o diretor da associação, Josenei Gonçalves Santos, e o advogado que atua em parceria com a AOPP, Dr. Giuliano Mazitelli, do escritório Mazitelli & Strul Advogados Associados participaram na manhã desta quarta-feira (14) da transmissão de Comando-Geral da Polícia Militar de São Paulo para o coronel Ricardo Gambaroni. A cerimônia foi realizada na Academia do Barro Branco (APMBB), na zona norte da Capital, e contou com a presença também de diversas autoridades militares e civis, dentre as quais, o governador do Estado, Geraldo Alckmin e do secretário de Segurança Pública Alexandre de Moraes. Este último ressaltou que o novo comandante-geral terá coragem para encarar os desafios da Polícia Militar.

“Temos que ousar e cooperar no combate à criminalidade com inteligência, tecnologia, investigação e ostensividade. Junto com o comandante, iremos ousar para que a Polícia Militar – de mãos dadas com a Polícia Civil e a Polícia Técnico-Científica – possa estabelecer novos parâmetros no combate à criminalidade”, explicou o secretário estadual.

 

Em coletiva de imprensa o comandante geral, CEL PM Ricardo Gambaroni, ressaltou que uma de suas metas é dar a população a sensação de segurança e confiança.

 

Currículo

 

Gambaroni já havia sido anunciado como novo comandante no dia 5 de janeiro, em substituição ao coronel Benedito Roberto Meira, que estava no cargo desde novembro de 2012.

 

O novo chefe da corporação tem 49 anos. O coronel Gambaroni ingressou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB) em fevereiro de 1981 e se formou oficial em 1985. Ele é piloto policial de aviões e helicópteros desde 1997, quando concluiu a especialização na Escola Internacional de Aviação Policial, na Inglaterra.

 

Antes de ser designado por Moraes para o Comando da PM, Gambaroni comandava o Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GRPAe). O novo comandante-geral é graduado em Direito pela Universidade de São Paulo (1991), especialista em Liderança e Gestão de Polícia pela Academia Nacional do FBI (2013) e possui mestrado em Tecnologia pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (2007).

 

Com experiência em policiamento estratégico, foi comandante da região de Osasco (Comando de Área Metropolitano 8) e de toda a Grande São Paulo (Comando de Policiamento Metropolitano). Foi comandante do 2º Batalhão de Choque, responsável por grandes eventos, do 6º Batalhão do Interior (Santos), do 2º Grupamento de Bombeiros e da Divisão de Tecnologia de Emergências (atual Escola Superior de Bombeiros).

 

Também possui Licenciatura Plena em Educação Física pela Escola da Polícia Militar (1992), especialização em Combate a Incêndios Florestais pela Defesa Civil e Exército Francês (em 2000), mestrado (2004) e doutorado (2009) em Ciências Policiais pelo Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES) da PM.