Além da farda: “Projeto Olhar Futuro”

Além da farda: “Projeto Olhar Futuro”

Com histórico impressionante de quase 12 mil alunos, o projeto “Olhar Futuro” é o primeiro projeto social a classificar um atleta para as olimpíadas

Criado em 16 de outubro de 2000, o projeto oferece aos inscritos, a oportunidade de formação atlética e humana, interagindo com as demais academias de Judô de todo o país. As crianças tem o direito de crescer com dignidade de filhos de Deus e consciência de cidadãos. Para isto, entendemos que através de prática esportiva, educacional e espiritual, temos condições de inseri-las na vida comunitária, e consequentemente valorizamos os ideais de família, da organização da comunidade, promovendo a inclusão social e a prevenção do uso de drogas, sem distinção de classe social, de credo ou raça, descreve o criador e responsável pelo projeto, 1º Sargento PM Jefferson, que ressalta também  a importância de outros militares que integraram o projeto como alunos e passaram a ser professores. Respectivamente: 2º Ten PM Ilmar Salatiel Emídio, 1º Sgt PM André Soares, 1º Sgt PM Anderson Ferreira Neves.

 

 

OBJETIVO
O projeto tem por objetivo atender crianças e adolescentes de 03 a 17 anos. Não há distinção, entendemos que a partir da criança e do adolescente, faremos a inclusão da família na vida comunitária, despertando o senso de organização e a necessidade do serviço voluntário na sociedade, servindo como mola propulsora de crescimento e evolução. Com isto, buscamos atender as necessidades básicas das famílias assistidas e proporcionar o seu desenvolvimento.

O projeto desenvolve atualmente as seguintes atividades: essencialmente aulas de judô e orientações preventivas sobre o uso de drogas e álcool em parceria com a Polícia Militar (46º BPM/I e 1º BPM/I).

 

A IDEIA
O Projeto Olhar Futuro, foi idealizado quando o 1º Sgt PM Jefferson, observava a ociosidade das crianças em suas rondas pelas ruas e bairros da cidade. Buscou todos os recursos necessários e apoiadores e mesmo esbarrando em muitas dificuldades, incluindo a financeira, conseguiu iniciar seu projeto. Conseguiu equipamentos e apoio da então gestão municipal, deparando-se com momentos marcantes.

“Em minhas andanças pela cidade, encontrei no lixo de um grande clube de São José dos Campos, 16 tatames. Apesar de estarem rasgados, demos o início ao projeto e a construção desse grande sonho, que hoje é uma realidade para o desporto nacional”, conta o 1º Sgt da Polícia Militar.

 

LOCAIS DE ATUAÇÃO
O projeto conta com quatro núcleos, sendo eles:

  • Associação Desportiva da Polícia Militar Regional de São José dos Campos;
  • Escola Estadual Major Aviado Mariotto;
  • Associação Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar de São José dos Campos;
  • 1º BPM/I.

Completando 21 anos de existência, atualmente o projeto conta com 640 alunos.

1º Sargento PM Jefferson
Destaca que a partir da criança e do adolescente, fazemos a inclusão da família na vida comunitária, despertando o senso de organização e a necessidade do serviço voluntário na sociedade.

JUDOCAS EM DESTAQUE

 

Jeferson Luiz dos Santos Junior (22 anos)
Atleta da Seleção Brasileira Sub 13, 15 e 18; Tri Campeão do Pan Americano em Buenos Aires,   Argentina, San Salvador e El Salvador; Vice Campeão do Torneio Internacional de Bremen na Alemanha e 7º colocado do EuropeanCup de Berlin na Alemanha; Campeão Mundial dos Países de Língua Portuguesa; Vice Campeão Mundial “Gymnasiade” em Trabzon – Turquia; Tetra Campeão Pan Americano; Campeão Sul Americano; atleta da Seleção de Base 2017; esteve no ciclo para as Olimpíadas Tóquio 2020; 1ª seletiva para Tóquio 2020; 4º colocado sendo o atleta mais novo da competição do Continental Open Projeto Ohayou; Estágio Internacional de Roma Itália; participação na seletiva para Tóquio 2020; Ciclo II atleta campeão.Destaca que a partir da criança e do adolescente, fazemos a inclusão da família na vida comunitária, despertando o senso de organização e a necessidade do serviço voluntário na sociedade.

 

 

Alex Willian Pombo Silva (33 anos)
Participou das Olimpíadas 2012 em Londres como apoio; Campeão Pan Americano e Sul Americano; Vice Campeão Mundial por equipes e Vice Campeão da Copa do Mundo da Mongólia; participou das Olimpíadas do Rio 2016 e leva o nome do projeto Olhar Futuro para todo o mundo.

 

 

 

Maria Eduarda Paiva Mariano Diniz (19 anos)
Vice Campeã dos Jogos Sul Americano em Assunção no Paraguai; Atleta da Seleção de Base 2017; Campeão do Jogos Sul Americano em Santiago no Chile; 3ª colocada na Eropean Cup de Bielsko Biala na Polonia;
Campeã Mundial Escolar. em 2019.